terça-feira, 26 de junho de 2012

Evento oferece soluções para negócios na internet

Notícias

Feira do Empreendedor, em Goiânia, atende empresários que querem crescer com negócios na web

Warlem Sabino

Ilustração

Goiânia - De olho no mercado consumidor nacional de 31,9 milhões de pessoas, o Conecte seu Negócio, do Sebrae em Goiás, oferece serviços gratuitos para as micro e pequenas empresas (MPE) colocarem seus negócios na internet. O programa será uma das atrações da Feira do Empreendedor 2012, que será realizada de 28 de junho a 1º de julho, na capital do estado.

O Conecte seu Negócio mantém a empresa na web durante um ano sem custo algum para o empresário. Além disso, o empreendedor tem R$ 150 de crédito para anunciar seus produtos ou empresa no Google, parceiro do Sebrae no projeto ao lado da Yola, empresa de hospedagem de sites.

“A plataforma de criação de sites on line da Yola é super fácil de usar. Não precisa maiores conhecimentos técnicos por parte do empreendedor”, explica Francisco Lima Júnior, gerente de projetos de Desenvolvimento da Tecnologia da Informação do Sebrae em Goiás.

Além do Conecte seu Negócio, a Plataforma Digital, outra iniciativa do Sebrae, oferecerá soluções para os empreendedores das áreas de comércio, serviços, indústria e agricultura. A programação prevê palestras sobre inovação, empreendedorismo, marketing digital e soluções tecnológicas. A feira também terá um espaço exclusivo para startups, empresas nascentes de tecnologia.

“Nosso objetivo é que os empreendedores encontrem todas as soluções tecnológicas para a sua empresa, desde os primeiros passos na rede até a capacitação em áreas específicas”, explica Francisco Lima Júnior. “O consumidor pode até não comprar on line, mas é fortemente influenciado pela internet na hora da decisão”, emenda. Uma pesquisa do Google no mundo todo apurou que 62% dos consumidores consultam informações on line antes de fazer uma compra.

Fonte: Agência sebrae


Serviço:
Feira do Empreendedor 2012
Local: Centro de Convenções de Goiânia (GO)
Data: de 28 de junho a 1º de julho
Horário: das 10 às 22 horas
Informações à imprensa:
Oficina de Comunicação (62) 3225.4899
Warlem Sabino (62) 9646.9037
Sirlene Milhomem (62) 8176.0297
Lorena de Araújo (62) 9227.2760

 

Ferramentas gratuitas são mais indicadas para negócios iniciantes

Notícias

Curso prepara empreendedor a fazer uso de blogs, Facebook e Twitter em prol do seu negócio

Lana Motta

Cuiabá - As ferramentas gratuitas que estão disponíveis na internet, como editores de blogs, Facebook, Twitter e sites gratuitos são as mais recomendadas por especialistas em comunicação digital para quem está começando um negócio. De acordo com o empresário e consultor do Sebrae, Fernando Lopes, que tem formação em Marketing e Propaganda, os empreendedores que estão dando os primeiros passos na rede mundial de computadores devem começar, sempre, pelas ferramentas gratuitas.

“Elas são as grandes sacadas do mercado para alavancar uma micro ou pequena empresa”, reforçou o especialista, que inicia, nesta segunda-feira (25), o Curso Internet para Pequenos Negócios. O conteúdo foi elaborado para empreendedores que já têm conhecimentos básicos de internet, mas ainda não aplicam esse conhecimento na prática com vistas a alavancar vendas, ampliar mercado ou atender o cliente.

Com início às 19h e carga horária de três horas diárias, o curso prossegue até sexta-feira (29). Para mostrar a importância da internet na viabilização dos pequenos negócios, serão abordados, entre outros temas, as principais mudanças provocadas pela web, as melhores oportunidades de negócios na rede mundial de computadores, por onde começar e o que fazer para ter boa presença no ambiente virtual, e como criar um plano tático para ter diferencial competitivo nesse ambiente.

Fernando Lopes explica que empresas de todos os tamanhos podem encontrar na internet oportunidades para seus negócios, distribuindo seus serviços e produtos a clientes de todas as partes do mundo. Como exemplo, ele cita uma indústria têxtil de Mato Grosso, que pode comprar matéria-prima de um país em outro continente, utilizar software para seus maquinários de um segundo país e se comunicar com seus representantes via Skype, por e-mail ou mesmo telefone, em várias regiões do Brasil.

Já um varejista iniciante na internet, cita o consultor, pode comercializar via on line materiais e acessórios de pintura, como quadros, pincéis, tintas e outros acessórios, atendendo ao público nacional, sem a necessidade de investir em filiais em diversos estados.

Prioridade

No próprio Sebrae, o uso das ferramentas de internet, incluindo as gratuitas, é considerado prioridade e já está estrategicamente incorporado às rotinas diárias. Todas as informações sobre cursos e eventos e textos veiculados na Agência Sebrae de Notícias já são publicados nas redes sociais.

Nesta terça-feira (26), o Sebrae no Mato Grosso promove também o Seminário NovaTic – Tecnologia de Informação e Comunicação & Negócios, voltado a profissionais e estudantes da área e público em geral interessados em ampliar conhecimentos sobre o uso da internet no mundo empresarial.

A instituição oferece ainda consultorias empresariais e cursos de gestão feitos pela internet como Negócio Certo, Atendimento ao Cliente, Como Vender Mais e Compras Governamentais. No total, são 25 diferentes cursos já disponíveis e novos conteúdos que são inseridos atendendo às demandas dos próprios clientes do Sebrae. Para acessar a programação, clique aqui.

Fonte: Agência Sebrae

Serviço:
www.sebrae.com.br
Central de Relacionamento Sebrae em Mato Grosso
0800 570 0800
Unidade de Marketing e Comunicação Sebrae-MT
+55 65 3648 1261 e 1262
www.mt.agenciasebrae.com.br
youtube.com/sebraematogrosso
twitter.com/sebraemt
Lana Motta/MTB 597/MT - 55 65 3648 1261 (manhã)
Rita Comini/MTB 276/MT – 55 65 9932-1890

 

Contabilidade e sustentabilidade

Notícias
DCI

Juarez Domingues Carneiro é presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC)

O 19º Congresso Brasileiro de Contabilidade será de 26 a 29 de agosto, em Belém (PA), como o retrato mais fiel da contabilidade brasileira. O evento, realizado a cada 4 anos pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), em parceria com entidades contábeis, visa transmitir conhecimentos aos profissionais da classe e debater o atual momento do cenário socioeconômico brasileiro.

É premissa do Congresso promover encontros entre os profissionais e estudantes das Ciências Contábeis, e premiar os melhores trabalhos da área. Nesta 19ª edição, cujo lema é "Contabilidade para o Desenvolvimento Sustentável", serão apresentadas técnicas à evolução da realidade global. Além disso, serão analisados os processos sociais e econômicos, uma vez que o desenvolvimento depende da união de dois fatores: crescimento econômico e equilíbrio ecológico na utilização dos recursos naturais.

Nas últimas décadas a contabilidade brasileira passou por profundas transformações, com a informatização dos procedimentos dos órgãos arrecadatórios de todas as esferas, o novo padrão de Contabilidade Pública e o alinhamento da Contabilidade às regras dos IFRS.

Para apresentar e debater esses importantes temas, o CFC trará ao Brasil o 42º presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, que falará sobre interdependência global e os desafios da globalização. Outra palestrante, a ex-senadora Marina Silva, apresentará questões relativas no tocante ao meio ambiente; e a diretora de sustentabilidade da BM&FBovespa, Sonia Favaretto, comentará a sustentabilidade empresarial.

Mais de cinco mil pessoas já fizeram as suas inscrições. Paralelamente ao Congresso, ocorrerá, no Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, a maior Feira de Negócios e Oportunidades da área contábil do Brasil, a qual incentivará o intercâmbio de produtos e serviços com o que existe no cenário mais moderno da Contabilidade brasileira. Só assim o progresso do Brasil será alcançado: com maior fruto de riqueza e equilíbrio ecológico.

Fonte: DCI --SP

 

Empresas vão precisar de Certificação Digital para recolher FGTS

Diário de Grande ABC

Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

A partir do dia 30, as empresas que necessitam utilizar o canal eletrônico de relacionamento Conectividade Social Conexão Segura terão como única forma de acesso a certificação digital emitida no modelo ICP-Brasil.

A informação foi divulgada pela circular nº 547 e, posteriormente, prorrogada por meio da circular nº 566 da Caixa Econômica Federal.

"Será necessário migrar para a nova versão do canal com urgência, pois, após essa data haverá a desativação do antigo programa CNS e do acesso Conexão Segura. A partir daí, toda a comunicação com o FGTS e com a Previdência Social será pelo novo canal (conectividade.caixa.gov.br), mediante o uso de Certificado Digital no padrão ICP-Brasil", explica o consultor trabalhista da Confirp Contabilidade, Anderson Pereira dos Santos.

CUIDADO - As empresas necessitam de especial atenção, pois o aplicativo e seu certificado são obrigatórios para recolher o FGTS e para o envio da GFIP (Guia de Informações do FGTS e à Previdência Social). Serve também para receber comunicados genéricos da Caixa com relação ao FGTS e, também, para envio de informações do Aplicativo GRRF (Guia de Recolhimento Rescisório do FGTS), via internet; permite consulta de saldos do fundo, informar desligamento de trabalhadores, retificar informações, emitir procuração eletrônica, entre outras funções.

Pelo novo sistema com certificação digital, a procuração eletrônica também melhorou. "É importante reforçar que com estas mudanças o empregador ou escritório de contabilidade podem conceder procurações eletrônicas aos seus próprios empregados, para que realizem as operações no canal com utilização de seus próprios certificados de Pessoa Física. Isto reforça a segurança e facilita o acompanhamento do empregador", explicou a Caixa.

"A adoção da certificação digital ICP-Brasil pelo Conectividade Social é muito importante, possibilitando as facilidades da internet com a segurança e a validade jurídica que essas operações requerem", explica o consultor trabalhista da Confirp

A conectividade, através do certificado Digital E-CNPJ, é obrigatória para empresas com empresários, assim, é necessário que essas se adaptem até o dia 20 de outubro de 2011, para os demais processos internos. Caso contrário não há como efetuar a movimentação dos seus funcionários desligados e entrega da GFIP na Caixa no que diz respeito a conta do FGTS